24.2.07

o regresso de portas

ao decidir regressar à vida partidária no final de dois anos em que se impôs um silêncio digno de registo e difícil de conseguir, paulo portas pode trazer virtualidades que fazem hoje falta na cena política.
com um primeiro-ministro a cada passo mais marcado pela palavra mediática, a oposição passará a ter um rosto que vai reger-se pelas mesmas características. o contraponto da demagogia pseudo-positiva vai passar a existir.
pouco importa se é táctica ou não. a verdade é que portas vai voltar ao primeiro plano quando o líder do psd insiste na não oposição.
pelo que atrás se disse, acredito que paulo portas escolheu o tempo para forçar mudanças de rumo na governação e na oposição. algo que apenas ele, no actual contexto, seria capaz de fazer.
até cavaco deverá sentir-se desconfortável.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home