23.5.06

inquietações (primeiro acto)

o mais recente livro de manuel maria carrilho faz uma acusação em forma de tese: o lóbi da construção terá disponibilizado fundos ilícitos a uma empresa de comunicação para esta pagar a jornalistas, para estes escreverem mal sobre carrilho. perante isto, o que levará o professor de filosofia a querer discutir o bom e o mau jornalismo e esquecer a propalada corrupção imobiliária? mais. se alguém me apresentar uma proposta de cumplicidade num suposto jogo de interesses e corrupção, o que sou eu se o não denunciar imediatamente?

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home