21.7.07

o voto

ir votar devia dar benefícios fiscais. é só uma ideia.

2 Comments:

Anonymous vasco magalhães said...

em certos países, que se afastaram há muito de nós,mas não me importo nem o lamento, aos quais tentamos muitas vezes dar lições de moral e maturidade democratica ,com um peculiar traço (psicológico) de paternalismo de cuco, a falta ao voto tem que ser justificada - e bem justificada.
à terceira falta estão em causa precisamente alguns benefícios fiscais.
acredito que o teu repto, para passar à prática exigiria como primeiro passo uma consciência (eleitos e eleitores) do estado raquítico da democracia que não interessa a ninguém assumir.Cresceu em cativeiro(não me refiro à ditadura)...e não sabe para que serve a liberdade.
O segundo passo, seria requalificar a Assembleia da República e voltar a reservar aqueles lugares para gente de vocação e que de uma vez por todas deixasse de dizer "que se trata de uma missão".Pesssoalmete, estorvam-me imenso os salvadores. Restaurava-se um processo educativo com base em algo muito simples: o exemplo.
acredito, optimista, que vivemos num estado muito primitivo de democracia (o brasil, com essa medida não tem pudor em assumi-lo) e que quando se está no fundo do poço, a melhor perspectiva só pode ser olhar para cima.
não será então tão paradoxal obrigar as pessoas a votar, como dizem alguns "opinion makers"

12:28 da manhã  
Anonymous SMSilva said...

Ora aí está uma óptima ideia!

1:05 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home