7.7.06

crédito sobre crédito

viver a vida toda com o dinheiro que não é nosso parece o fim último do portugal moderno, dos choques tecnológicos. por exemplo, a caixa geral de depósitos faz agora publicidade ao "crédito recheio lar". como funciona? dão-nos já dez mil euros e em suaves prestações pagaremos mais de 14 mil. ora, se o crédito visa o consumo de móveis, então o banco do estado sustenta uma mais que falaciosa subida do poder de compra dos portugueses. com esta operação, o banco público ganha mais de quatro mil euros e a conta geral do estado, por via do iva, há-de recolher mais de dois mil.
maravilhosa recuperação económica. até o banco do estado já delira.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home