19.7.06

lila downs (versão inglesa)

há 4 meses assisti a um dos melhores espectáculos musicais de que me lembro… nesta coisa de escolher “os melhores” a subjectividade do ambiente, do momento, da felicidade e da vontade faz toda a diferença… mas estava em londres, a trabalhar na imagem de um disco, em abbey road com o carlos tê e com o luís jardim… só podia correr bem!
numa das longas noites de estúdio esquivei-me, a convite do editor da revista de música do mundo songlines, simon broughton, para assistir a um concerto de uma mexicana com 4 discos no alforge e que lançava agora o quinto… dela sabia que tinha cantado com o caetano veloso numa cerimónia de entrega dos óscares da academia de hollywood e que parecia a própria frida khalo sobre a qual versava essa canção… foi no barbican. anfiteatro fabuloso, que pela própria disposição romana dos espectadores os projecta para o meio do palco… entreguei-me! o simon levou-me, qual menino de cueiros, pela mão, babado, para a conhecer nos camarins… tive direito a 2 minutos de conversa simpática em espanhol, só com ela e, contou-me o simon depois, que nunca tinha visto ninguém conseguir contar toda a sua vida em dois minutos e ainda ter tempo para piropos e bajulações inimagináveis. não me lembro… a única coisa que me vem à cabeça são aquelas expressões do filipinho da mafalda do quino quando passa a sua apaixonada em que os balões de bd se enchem de palavras trocadas sem sentido, meramente balbuciadas.
ivan dias

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home