30.3.06

contador de histórias

assisti ontem a uma sessão de um contador de histórias. histórias que recuperam o nosso imaginário infantil e no fundo são marcas estruturantes da nossa cultura sendo, ao mesmo tempo, universais. num tempo em que nos alheamos cada vez mais dessas pontes com o que é antigo dei por mim a pensar não só na versão do meu pai do sindbad, o marinheiro, mas sobretudo nas suas próprias estórias pessoais de quem andou, em miúdo, por moçambique e pela europa... por alguma razão não achou que fosse importante passar essas experiências, que agora sei que constituem a coluna vertebral daquilo a que podemos chamar uma marca indelével de "genealogia cultural". a próxima vez que estiver com ele não se safa: vai ter que desbobinar as estórias todas mesmo aquelas que acha que deve censurar!
ivan dias

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home